Colaboradores do Setor Universidades se reúnem em Brasília.

A capital do Brasil acolheu, entre os dias 09 e 10 de fevereiro, 22 pessoas vindas de diversas regiões do país para participarem do VIII Encontro Nacional de Colaboradores do Setor Universidades da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB.

O encontro, realizado no Centro Cultural Missionário, reuniu representantes da articulação do Setor Universidades nos Regionais da CNBB, além de membros das equipes de trabalho e de projetos do Setor Universidades, que durante o evento conheceram a proposta de reorganização do Setor a partir do novo Estudo da CNBB, assim como o resultado de alguns projetos construídos ao longo do ano de 2018.

A abertura do evento aconteceu na tarde do dia 09 de fevereiro e, segundo o assessor nacional do Setor Universidades, padre Danilo Pinto dos Santos, as atividades realizadas durante o encontro demonstram a evolução da compreensão da missão do Setor Universidades nos últimos quatros anos. “O encontro foi dividido em dois grandes momentos: o resultado do I Seminário da Ação Evangelizadora no Âmbito Educativo, realizado no ano passado, que culminou na produção do novo Estudo, Setor Universidades na Igreja no Brasil: Identidade e Missão; o outro grande momento foi reservado aos projetos do Setor Universidades, que são desenvolvidos pelas equipes de trabalho e em parceria com outros organismos eclesiais e da sociedade”, destacou o assessor.

Na primeira parte do encontro foi apresentado aos colaboradores o resultado do projeto de atualização do Estudo 102 – O seguimento de Jesus Cristo e a ação evangelizadora no âmbito universitário, que teve início no ano de 2018, a partir do I Seminário da Ação Evangelizadora no Âmbito Educativo. Através de um amplo processo de escuta, que contou com contribuição direta dos grupos de base de Pastoral Universitária e das demais expressões eclesiais que atuam no contexto da evangelização no ensino superior, foi elaborado um novo estudo da CNBB “Setor Universidades: Identidade e Missão”, que será publicado pelas Edições CNBB.

A estrutura e o conteúdo do texto foram apresentados aos colaboradores pelos membros da Comissão de Sistematização – responsável pela redação do texto, professor Humberto Contreras, padre Danilo Pinto, Eneida Bomfim e Irmã Claudia Chesini, que recordaram o histórico do processo de construção do novo Estudo, ressaltando a metodologia sinodal.

Pelo assessor nacional, padre Danilo Pinto, foram apresentados os critérios para reorganização do Setor Universidades, com a indicação de encaminhamentos práticos, a partir do novo Estudo do Setor Universidades, destacando-se a sinodalidade e a consolidação da identidade da Pastoral Universitária.

Na manhã do domingo, 10 de fevereiro, foram expostos os projetos construídos ao longo do ano de 2018: Agenda Universidades e Amazônia; Sociedade Brasileira de Cientistas Católicos e II Congresso de Humanismo Solidário na Ciência; Subsídios para a Campanha da Fraternidade, Exercícios Espirituais para o Advento e Páscoa, Roteiros para grupos de Pastoral Universitária; os cursos Missionariedade no Contexto Educativo e Políticas Públicas e Educação, que serão realizados em parceria com o Setor Educação, além do V Curso para Agentes de Pastoral Universitária.

Segundo o padre Danilo Pinto, “ao olhar para tudo o que foi realizado pelo Setor Universidades, nos últimos anos, cabe destacar não apenas os resultados alcançados. Também merece atenção o nosso “jeito de fazer pastoral”, que sob a inspiração do pontificado do Papa Francisco, a partir da sinodalidade e da subsidiariedade. Essas metodologias se destacam, pois foram construídas pelos próprios colaboradores, de modo conjunto, provocando uma verdadeira conversão das nossas estruturas pastorais. Isso é o diferencial do trabalho que foi feito”.

A programação do Encontro de Colaboradores contou, ainda, com a participação do padre Antonio Ramos do Prado, sdb, assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, que falou sobre “Sinodalidade Missionária no Pontificado do Papa Francisco”, a partir do documento Os jovens, a fé e o discernimento vocacional. Foram destacados o processo de construção do Sínodo da Juventude e os aspectos da sinodalidade na caminhada e acompanhamento da juventude.

O VIII Encontro de Colaboradores do Setor Universidades foi concluído pela oração final e benção de envio, conduzidas por Dom João Justino de Medeiros Silva.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários