Setor Universidades inicia articulação no Regional O2 – Mato Grosso

Nos dias 24 e 25 de fevereiro de 2018, foi realizado o primeiro encontro de articulação do Setor Universidades no Regional O2 da CNBB. O encontro aconteceu na sede do regional, na cidade de Cuiabá, no estado do Mato Grosso. Estiveram presentes representantes da arquidiocese de Cuiabá, dioceses de Barra do Garças, Primavera do Leste-Paranatinga, Rondonópolis-Guiratinga, São Luiz de Cáceres e Sinop, do Ministério Universidades Renovadas da Renovação Carismática Católica e do Movimento Cursilho de Cristandade.

Encontro de Articulação

O encontro foi iniciado com uma apresentação do regional e das suas diretrizes da ação evangelizadora. Na segunda parte da manhã, houve um levantamento das ações pastorais no âmbito universitário do estado, a partir da partilha de experiências vivenciadas nas dioceses, atualmente. Dentre as experiências destacam-se os grupos de Pastoral Universitária, atuação do Ministério Universidades Renovadas (GOE, GOU e GPP), Paróquia Universitária, entre outros.

Na parte da tarde, Pe. Danilo Pinto, assessor nacional do Setor Universidades da CNBB, apresentou uma síntese da reflexão recente sobre o Ensino Superior brasileiro e o trabalho pastoral neste contexto. A reflexão foi iniciada com a mística da evangelização na universidade, a partir do texto bíblico dos discípulos de Emaús. Posteriormente, foi feita uma análise do âmbito interno e externo da ação evangelizadora no Ensino Superior, com os seus fatores políticos, econômicos e tecnológicos. No terceiro momento, o facilitador aprofundou a identidade da presença da Igreja no âmbito universitário, através dos eixos de reflexão, formação e socioeducativo. Por fim, foram apresentados os critérios para atuação pastoral dentro das IES, (Arqui)dioceses e Regionais da CNBB.

No segundo dia de trabalho, houve uma apresentação dos projetos de articulação regionais, no tocante às vocações e formação dos leigos. Posteriormente, foram apresentadas as conclusões do trabalho de grupo realizado, anteriormente, e foram oferecidos os encaminhamentos da articulação regional. Para o Pe. Danilo Pinto, “o início da articulação no Regional O2 é um importante e primeiro passo na articulação dos regionais da CNBB na geografia do Centro Oeste brasileiro”.

Encaminhamentos

O Setor Universidades será gestado dentro da Comissão de Juventude, no Regional O2, que funcionará como uma espécie de incubadora até que o organismo adquira musculatura e seja formada uma comissão própria. Integrarão a equipe de articulação regional Pe. Jhonata Silva, assistente eclesiástico do MUR, e Raphaela Silveira da Diocese de Rondonópolis, Evonete Santos da Diocese de Sinop, José Mário da Arquidiocese de Cuiabá e Wislan Costa da Diocese de Primavera do Leste e coord. estadual do MUR. A equipe de coordenação foi organizada a partir dos representantes dos dispositivos pastorais no ambiente universitário e das Igrejas Particulares do Regional.

Regional O2 CNBB

O regional O2 da CNBB possui 8 dioceses e uma prelazia. Esta geografia eclesial coincide com o estado do Mato Grosso, acrescido de uma ilha no estado do Tocantins. Ao todo são 141 municípios, 3 milhões e 300 mil habitantes, 186 paróquias, 4.500 comunidades paroquiais, distribuídos em 903.378,292 Km2. Estima-se que o número de católicos seja de 63,41% da população.

Ensino Superior no estado do Mato Grosso.

No Centro Oeste, atualmente, existem 236 Instituições de Ensino Superior distribuídos em 638 mil matrículas. De modo específico, no estado do Mato Grosso, segundo Mapa do Ensino Superior (SEMESP): houve em 2016, aproximadamente, 129 mil matrículas, 59 Instituições de Ensino Superior, sendo que 90.952 matrículas foram realizadas na rede privada e 37.898 matrículas na rede pública. Observa-se que uma tendência para o Ensino Superior no estado do Mato Grosso e região Centro-Oeste, de modo geral, é o Ensino à Distância. Dentro do estado, constata-se a tendência de movimentos migratórios, em ordem de estudo, para os polos universitários.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *