Encontro das Pastorais Universitária e Educativa do CELAM

Entre os dias 18 e 22 de junho, na Casa de Encontros São Pedro Claver, na cidade de Bogotá, na Colômbia, estiveram presentes os assessores e bispos dos Setores de Educação e Universidades do Conselho Episcopal Latino Americano (CELAM). O encontro foi inspirado na metodologia ver, julgar e agir, por meio da qual se aproximou da realidade educativa do continente e se buscou iluminar, através da Palavra de Deus e do Magistério da Igreja. Durante o encontro aconteceram diferentes dinâmicas de comunicação, trabalho de grupos, e encontros por macrorregiões e organismos de povo de Deus presentes nos ambientes de cultura e saber dos países da América Latina.

No primeiro dia, foi apresentado um panorama geral da educação católica na América Latina, a partir da metodologia “ver”. No primeiro momento, foi apresentado a situação da Educação Básica e Média Católica, por Oscar A. Pérez Sayago, Secretário Geral da Conferência Interamericana de Educação Católica (CIEC). No segundo momento, foi analisado o cenário do Ensino Superior latino-americano. Esta última apresentação foi feita por Profa Maria Fernanda Santucci (Argentina) e pelo Pe. Danilo Pinto dos Santos, assessor do Setor Universidades (Brasil), ambos assessores do Depto. de Cultura e Educação do CELAM. O trabalho continuou aprofundando-se com o trabalho de grupo e plenário sobre a situação da educação nos países representados na reunião. O dia foi encerrado com a comunicação sobre os desafios e oportunidades para a Educação Católica, apresentada pelo Mons. Edmundo Valenzuela (Argentina).  À noite, houve o congraçamento entre os participantes do encontro, que apresentaram as culturas e gastronomia de seus países.

  1. Conclusões da Metodologia VER (Panorama Geral da Educação da América Latina):
    • No âmbito da Educação Básica e Média: Atualmente, algumas tensões do ambiente externo impactam o contexto da escola católica: cobertura e qualidade, público e privado e serviço dos pobres e estabilidade financeira. Outras tensões do ambiente interno ganharam relevo: ética cristã e ética civil, ideal e realidade, diálogo entre religião e ciência, carisma religioso e laicato.
    • No âmbito do Ensino Superior: Foi constatado a verticalização do Ensino Superior, internacionalização e regionalização (MINTER e DINTER), presença do Ensino à Distância e novas tecnologias nas práticas pedagógicas, grupos comerciais estrangeiros comprando pequenas Instituições de Ensino Superior, aumento da presença de estudantes estrangeiros e estudantes com deficiências, aumento e mudança das políticas públicas de acesso e permanência do estudantes no Ensino Superior nos países da América Latina.

No segundo dia, foi apresentado os desafios da Educação Católica, iluminados pela Palavra de Deus e pelo Magistério da Igreja. A comunicação foi feita pelo Pe. Edgar Sánchez (Venezuela), assessor do Setor de Educação do Depto. de Cultura e Educação do CELAM. O trabalho, na metodologia julgar, foi continuado com as contribuições do texto do Pe. Pedro García (El Salvador) acerca da Teologia da Educação, por meio de texto enviado. Na sequência, foram retomadas as conclusões e desafios do Encontro Mundial de Educação Católica, em Roma, no ano de 2015. A partir disto, foram sistematizados os desafios ao trabalho de pastoral educativa e as propostas de ação, a partir do Depto. de Cultura e Educação do CELAM. O conteúdo foi apresentado pela Profa Ana Cristina Hernández. (Costa Rica), assessora do Setor de Educação do Depto. de Cultura e Educação do CELAM. Os trabalhos dos dois primeiros dias foram mediados pelo Pe. Manuel Jimenez, assessor de Past. Universitária do Depto. do CELAM.

  1. Conclusões da Metodologia JULGAR (Palavra de Deus e Magistério da Igreja):
    • Palavra de Deus: Constatação de um quadro comparativo do ato educativo, nas escolas e nas famílias ao longo das Sagradas Escrituras. Neste sentido, verifica-se a evolução da compreensão acerca do tema da educação, que parte da transmissão do conhecimento inspirado na fé, acerca da Páscoa/Êxodo do Povo de Deus, até a experiência da Escola do Salvador, na formação dos discípulos, por meio de Jesus Cristo e continuado nas comunidades cristãs primitivas. Recomendou-se os trabalhos com Lectio Divina e Círculos Bíblicos, a fim de recuperar a centralidade da Palavra de Deus, nas comunidades cristãs ambientais escolares e universitárias.
    • Magistério da Igreja: Foi averiguado uma rica contribuição dos magistérios universal e latino-americano, desde o Concílio Vaticano II até o Pontificado do Papa Francisco, e, desde a Conferência Latino-Americana de Medelín até a Conferência de Aparecida. Ganharam relevo as indicações de promover o Humanismo Solidário, nas estruturas escolares (currículo) e universitárias (ensino, pesquisa e extensão), e a Sinodalidade para os diferentes dispositivos da ação evangelizadora presentes no ambiente universitário das Conferências Episcopais (Pastorais Universitárias; IES Católicas; Paróquias e Capelanias Universitárias; Movimentos, Comunidades Novas e Congregações Religiosas), em vista do anúncio de Jesus Cristo.

No terceiro dia, os trabalhos foram pautados pela metodologia “agir”. Houve uma apresentação das experiências de formação do CEBITEPAL, no específico dos Diplomados de Pastoral Educativa e Pastoral Universitária, apresentados pelo Pe. Damián Nannini, Diretor da Escola Bíblica e Teológica do instituto, Profa Ana Cristina, Prof Rodrigo Martinez e Dr. Eduardo Pena Venegas (UNIMITO – Colômbia). Feito isto, os participantes partilharam as atividades formativas de Past. Educativa e Universitária, que acontecem nas conferências episcopais da América Latina. Por fim, foram definidas as linhas de ação do Depto. de Cultura e Educação do CELAM, conduzido pelo Pe. Jorge Iván Alvarez Gómez, secretário executivo do organismo.

  1. Conclusões da Metodologia AGIR:
    • Formação: Divulgação dos Diplomados de Pastoral Educativa e Universitária, promovidos pelo Depto. de Cultura e Educação do CELAM e pelo CEBITEPAL, nas macro regiões latino americanas (Cone Sul, Andina-Bolivariana, Centro-américa, Antilhas e Caribe). Sistematizar os conteúdos da Teologia da Educação, com enfoque na produção teológica latino-americana.
    • Articulação: Importante favorecer uma caminhada conjunta com os organismos eclesiais de comunhão: CIEC, REPAM e CEBITEPAL.

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *