Comissão de Sistematização conclui o trabalho de Revisão do Estudo 102 da CNBB

Nos dias 02 e 03 de agosto, no Seminário N. Sra. de Fátima, em Tubarão-SC, esteve reunida a Comissão de Sistematização do Processo de Revisão do Estudo 102 da CNBB, o Seguimento de Jesus e a Ação Evangelizadora no Âmbito Universitário para a sua reunião final de trabalho.

As contribuições recebidas e o trabalho da Comissão de Sistematização serviram à atualização do texto face às inúmeras transformações, porque passaram os cenários eclesiais e universitário, no país e no mundo, nos últimos cinco anos. As novas contribuições possibilitaram a construção da versão final do texto. Para tanto, as contribuições foram entregues no formato de: modificação, inclusão ou supressão. Cada sugestão foi submetida à apreciação da Comissão de Sistematização, que validou ou não a nova redação do texto.

Além do público geral, trabalharam as Comissões de Sistematização e de Pareceres. Estas comissões contribuirão com a organização das informações, redação do texto e pareceres, a partir de áreas específicas do Ensino Superior e da ação evangelizadora, neste âmbito. Para o Pe. Danilo Pinto, assessor do Setor Universidades da CNBB, “a principal marca deste trabalho foi a metodologia sinodal para o recolhimento das contribuições. Todas as expressões eclesiais que atuam neste âmbito tiveram oportunidade de contribuir. Concluímos com a percepção de que não se trata de um texto alheio aos dramas e questões do Ensino Superior, mas uma grande palavra de entusiasmo e proposta de organização da presença da Igreja no neste âmbito”.

O processo de revisão do Estudo 102 da CNBB começou a ser desenvolvido no mês de fevereiro deste ano, e se estenderá até novembro de 2018. Na terceira etapa deste projeto, a versão final do texto será apresentada pelo presidente da Comissão Episcopal Pastoral para Cultura e Educação, D. João Justino de Medeiros Silva, ao Conselho Permanente, em setembro. Ao final deste processo, a versão final do texto será apresentada pelo presidente da comissão ao Conselho Permanente da CNBB.

O Setor Universidades da CNBB renova os seus protestos de estima e gratidão, por todo o empenho em apresentar o rosto contemporâneo de Cristo ao ambiente universitário.

 

Escreva um Comentário

Ver todos os Comentários

Seu endereço de email não será publicado. Também outros dados não serão compartilhados com a terceira pessoa. Campos obrigatórios marcados como * *